Panorama PET VET

E-commerce pet movimenta R$ 1,3 bilhão no 1º trimestre

Escrito por Panorama PET VET

16 MAI 2024 - 08H00

O e-commerce pet exibe mais um sinal de força no varejo brasileiro. Apenas no primeiro trimestre deste ano, o segmento faturou R$ 1,3 bilhão. O movimento é recorde para o período e representa um avanço de 3,2% sobre o intervalo de janeiro a março de 2023.

Os dados são da Neotrust, consultoria especializada no monitoramento da jornada de consumo. “O e-commerce retomou um crescimento acima de 10% no início de 2024, e o segmento de pet shops está alinhado a essa tendência, avançando significativamente em termos tecnológicos”, ressalta Jean Laloux, consultor de dados da Neotrust, em entrevista ao portal E-Commerce Brasil.

Os alimentos destinados aos cães lideram o mercado de vendas online do varejo pet, representando 45,7% do faturamento nos primeiros três meses de 2024. Houve um aumento de 13,6% em relação ao mesmo período no ano anterior.

Em seguida, aparecem os produtos voltados para a saúde dos animais de estimação e os alimentos destinados aos gatos, com evolução de 31,4% e 14,5%, respectivamente. Por outro lado, as vendas de aquários e brinquedos para pets caíram.

A pesquisa também indica um acréscimo no valor médio das compras. O tíquete médio de R$ 118,90 no primeiro trimestre de 2021 saltou 30% e totalizou R$ 154,70.

E-commerce pet revela dinâmicas diferentes por região

Em um país de dimensões continentais como o Brasil, é natural que as dinâmicas regionais do e-commerce pet sejam diferentes. Enquanto a Região Norte contribui apenas com 2% da receita geral do segmento, o Sudeste lidera com mais de 68%.

No entanto, outras regiões experimentaram retrações, com quedas de 2,7% no Nordeste, 6,8% no Sul e 10,8% no Centro-Oeste.

Gigantes do setor lideram as vendas

O levantamento mostrou também a predominância de estabelecimentos especializados como canais de compra, mas esse movimento ainda está muito concentrado nas grandes redes de pet shops.

Entre janeiro e março deste ano, a Petlove, Petz e Cobasi, em conjunto, angariaram 77,9% do faturamento. No mesmo intervalo de 2021, essa representatividade era de 66,5%.

vista-superior-sobre-acessorios-para-animais-de-estimacao_23-2150930398
Panorama PET VET

Lista das maiores indústrias de rações tem 4 brasileiras

Quatro empresas brasileiras estão entre as 15 maiores indústrias de rações da América Latina, liderando a lista. Juntas, faturaram US$ 1,3 bilhão em 2023. A BRF Pet lidera com R$ 3,2 bilhões, seguida pela Special Dog com R$ 2 bilhões, Premierpet com R$ 1,1 bilhão e Total Alimentos com R$ 1 bilhão. A indústria de pet food na América Latina cresceu 41% em cinco anos, passando de US$ 8,88 bilhões em 2019 para US$ 11,69 bilhões em 2023.

close-up-veterinarian-taking-care-dog
Panorama PET VET

Setor quer nova regra para veterinários na reforma tributária

Entidades e empresas como ANMV, ABHV, Petlove, Petz, Zee.Dog e WeVets buscam incluir a saúde veterinária na reforma tributária para reduzir em 60% as alíquotas do IBS/CBS, argumentando que isso evitaria prejuízos à categoria e à qualidade dos serviços, além de combater a informalidade. A reforma pode aumentar a carga tributária de 15% a 30%, impactando negativamente o acesso aos serviços, especialmente para as classes C, D e E.

Grupo-Patense-768x432
Panorama PET VET

Indústria de rações vai à Justiça por dívida de R$ 2 bi

O Grupo Indústria de Rações Patense, fabricante brasileira de pet food com exportações para três continentes, solicitou recuperação judicial. A empresa pediu o bloqueio da execução de dívidas por 60 dias para renegociar com credores, reconhecendo uma dívida de R$ 2,17 bilhões. Fundada em 1970, a Patense opera em Minas Gerais e em outros estados, com 35% do faturamento vindo do exterior. A crise atual, atribuída a aquisições entre 2021 e 2023, resultou em dívidas bancárias e problemas com CRAs e debêntures. Em abril, credores anteciparam o vencimento das dívidas devido a inadimplência.

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Panorama PET VET, em Panorama PET VET

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.