Marcela Barbieri

Socialização segura – a vacina comportamental

Por Marcela Barbieri, Adestradora, Zootecnista, Médica Veterinária e Especialista em Etologia Clínica Veterinária

Escrito por Marcela Barbieri

04 OUT 2023 - 09H00

É muito comum na clínica que o Veterinário oriente o tutor na consulta pediátrica a não retirar o filhote de casa de jeito nenhum até que acabe a primovacinação. Acontece que essa orientação resulta em cães que crescem adquirido diversos problemas comportamentais que vão impactar a saúde e o bem-estar desse animal e da família pro resto da vida.

Atualmente a especialidade psiquiatria veterinária vem ganhando espaço nos atendimentos do país e o motivo disso tem relação direta com o impacto da falta de socialização adequada que os filhotes deveriam receber dentro de um período considerado ideal.

O melhor período pra sociabilização acontece a partir dos 50 dias do filhote e se estende até aproximadamente 5 meses. Nesse período o filhote está receptivo a diversos estímulos que deveriam ser apresentados a ele de forma gradual e com associações positivas. Acontece que infelizmente boa parte desse período coincide com a primovacinação, e muitos filhotes acabam sendo impossibilitados de vivenciar essa experiência, que na verdade é igualmente importante pra manutenção de saúde mental em longo prazo.

Os principais impactos de uma falha na sociabilização são animais inseguros, reativos, agressivos, ansiosos e com episódios obsessivo-compulsivos. As consequências disso são inúmeras. Muitos tutores acabam buscando ajuda com profissionais que não possuem uma capacitação adequada e acabam por piorar o quadro do animal. Alguns casos infelizmente resultam em abandono e até indicação de eutanásia.

Pra evitar tudo isso, a socialização segura é imprescindível. Essa técnica envolver apresentar estímulos pro animal sem colocar ele em contato físico a superfícies, animais ou mãos de pessoas desconhecidas. É possível levar ele no colo, carro, carrinho ou caixa de transporte para lugares calmos e com estímulos sendo apresentado de forma gradual. Uma outra opção que chegou recentemente no Brasil são as puppyclasses. Nelas, ocorrem encontros supervisionados entre filhotes ainda em período vacinal com vários protocolos de segurança e higiene.

Estudos comprovam os benefícios que uma sociabilização segura traz para a saúde do animal como um todo. Afinal, saúde é um pilar único, físico e mental. Não precisaríamos, na verdade nem deveríamos, ter que escolher qual poderíamos priorizar.  

Marcela_Barbieri_1980x580px
Marcela Barbieri

Pilares pra construção da saúde física e mental do filhote canino

Trazer um filhote para casa requer planejamento cuidadoso. O ideal é separar o filhote da mãe entre a oitava e décima segunda semana, garantindo habilidades sociais e nutrientes essenciais. Nas primeiras noites, um ambiente seguro e acolhedor é crucial. A interação gradual e positiva com diferentes estímulos, pessoas e ambientes é essencial para o neurodesenvolvimento, formação de vínculos e fortalecimento imunológico. A janela de socialização, dos 45 dias aos 5 meses, é vital para a personalidade do animal, exigindo interações controladas e positivas para o aprendizado e desenvolvimento saudável.

Marcela_Barbieri_1980x580px
Marcela Barbieri

Cama compartilhada cão-tutor: ajuda ou atrapalha?

Permitir que cães durmam na cama fortalece o vínculo emocional, reduzindo estresse. Porém, pode prejudicar o sono e expor a alergias. A decisão deve considerar as necessidades do animal e do tutor, com uma rotina de sono consistente e estratégias para períodos de separação.

Marcela Barbieri_header
Marcela Barbieri

Impactos da separação precoce da mãe e da ninhada no neurodesenvolvimento dos filhotes

A separação precoce de filhotes caninos da mãe e ninhada antes dos 60 dias prejudica seu desenvolvimento neurológico e comportamental, levando a problemas como ansiedade e agressividade. Veterinários devem alertar sobre os impactos e incentivar a permanência juntos para um crescimento saudável.

Boleto

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Marcela Barbieri, em Marcela Barbieri

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.